• Monica Coscarella

Trump anuncia plano para reabrir a economia em fases a partir de 1 de maio


Ontem, o presidente Trump revelou novas diretrizes para ajudar os estados a reabrirem seus negócios em fases a partir de 01 de maio de 2020.



As diretrizes são divididas em três fases com requisitos básicos que devem ser respeitados como práticas de higiene (como lavar as mãos e usar máscaras em público); o número de novos casos da Covid-19 tem que estar em queda por 14 dias e os hospitais têm que estar operando normalmente, sem situação de crise.


Com a decisão do governo federal, caberá ao governador de cada estado determinar quando o plano “Opening Up America Again” (em tradução: Abrir a América Novamente) entrará em vigor.


Essas diretrizes e as decisões sobre quando e como abrir serão de responsabilidade de cada estado individual. Cada governador vai ditar o ritmo de acordo com a sua realidade.

Elaborado com especialistas em Saúde Pública, autoridades disseram que a Casa Branca trabalhará em estreita colaboração com os estados para garantir que os esforços de reabertura sejam realizados com segurança e somente quando os surtos locais forem contidos.

Segundo informado pelo Presidente Trump, as medidas de distanciamento social deverão ser mantidas ATÉ O FINAL DO ANO, no entanto, já existe um plano traçado para reabertura e volta à normalidade.


Os empregadores ainda devem adotar práticas de distanciamento social, verificações de temperatura, testes e saneamento em seus locais de trabalho.


Grandes locais, incluindo alguns restaurantes e até mesmo o complexo Walt Disney World, podem operar sob rigorosos protocolos de distanciamento social quando reabertos, mas ainda não há declaração oficial de quando acontecerá. Por enquanto, os parques continuam fechados por tempo indeterminado.

Shanghai Disneyland foi o primeiro parque a fechar em 25 de janeiro de 2020, devido ao surto de coronavírus.


A Disneyland de Hong Kong fechou em 26 de janeiro de 2020. E logo depois vimos o Toyko Disney Resort seguir o exemplo.


Enquanto os parques no resto do mundo iam fechando, Walt Disney World começou a tomar ações proativas desde fevereiro incluindo mais estações de desinfetante para as mãos e limpando e higienizando as almofadas de impressão digital nas entradas do parque entre cada hóspede.


Mas não teve jeito. O vírus chegou na Flórida e foi se espalhando muito rapidamente.


A Disneyland na Califórnia fechou no sábado, 14 de março (e os hotéis permaneceriam abertos até 16 de março), e Walt Disney World, teve seu último dia de operações no domingo dia 15 de março, assim com a Disneyland Paris.


Falando de Walt Disney World, dia 15 de março, domingo, foi o último dia de operações. Logo depois, todos os hotéis, lojas e complexo Disney Springs encerraram suas atividade no dia 20 de março.

A decisão de fechar os parques foi tomada depois que os governos locais emitiram avisos públicos para adiar ou cancelar grandes eventos ou aglomeração de pessoas até que o vírus pudesse ser contido.


No que diz respeito à reabertura dos parques e como seria o processo, Bob Iger, ex CEO da Disney, inclusive já comentou recentemente em entrevista ao Barron's que as verificações de temperatura eram apenas um exemplo de métodos que eles podem implementar para ajudar os hóspedes a se sentirem mais seguros e à vontade. Contamos AQUI!

Hoje, 17 de abril de 2020, seria a estréia oficial do novo espetáculo do Cirque Du Soleil “Drawn to Life" em Disney Springs.


No entanto, após uma onda de cancelamentos devido à pandemia de Coronavírus (COVID-19), o Cirque Du Soleil cancelou todas as apresentações até abril e maio.


Hoje no entanto, o site da companhia já mostra disponível as primeiras apresentações sendo exibidas no calendário de ingressos a partir de 2 de JUNHO!


Os parques da Disney, TODOS ELES ao redor do mundo, permanecem fechados.

No entanto, a Disney abriu em fases alguns estabelecimentos como o Shanghai Disneyland Hotel, Disneytown e o Wishing Star Park que reabririam em 9 de março de 2020 com operações limitadas, enquanto a própria Shanghai Disneyland permanece fechada até novo aviso.


Os procedimentos são seguidos à risca! Os hóspedes deverão passar por um processo de triagem de temperatura quando chegarem ao resort, fornecer seu código QR de saúde em restaurantes e usar uma máscara durante toda a estadia.


Esse sistema de fases será aplicado agora nos EUA, segundo Trump deixou claro ontem.


O plano de reabertura é estabelecido em três fases, sendo 1º de maio a primeira data em que os estados podem optar por avançar com a Fase 1. Na primeira fase da reabertura, os chamados grupos de risco continuarão em casa e os demais vão fazer uma volta gradual ao trabalho.


O distanciamento social continua - nas empresas e nas ruas. E a população deve usar máscara em lugares públicos.


Os hospitais podem voltar a fazer cirurgias eletivas.


Poderão reabrir as academias, cinemas, teatros, estádios e restaurantes, mas mantendo o distanciamento entre as pessoas.


Para passar de uma fase para outra, é exigido que tenha uma queda sustentada nos casos confirmados de COVID-19 em duas semanas (14 dias).


Se depois dessa primeira fase, os casos continuarem a cair por mais 14 dias, o estado entra numa segunda fase, quando reabririam bares, mas com limite de ocupação. E as pessoas poderiam voltar a fazer viagens não essenciais (como as de turismo).


Na Fase Dois, seguindo os mesmo protocolos da Fase 1, as escolas e bares voltam a funcionar, aglomerações de 10 até 50 pessoas são permitidas e todas as viagens podem ser realizadas (essenciais ou a turismo).


A fase três seria considerada um retorno ao normal. Só nessa terceira é última fase, as pessoas dos grupos de risco poderão retomar as atividades normais.


Todos os estabelecimentos e grandes eventos poderiam abrir com maior capacidade de pessoas, sendo imprescindível seguir o protocolo das diretrizes federais de distanciamento social e higiene.

As diretrizes visam 1º de maio como o dia para iniciar o processo de reabertura do país.

O presidente Donald Trump disse que o país já deixou para trás o ápice da pandemia e que por isso é hora de retomar as atividades econômicas.


Você pode ler aqui as Diretrizes da Casa Branca para 'Abrir a América novamente':

https://www.cnn.com/2020/04/16/politics/read-guidelines-for-opening-america/index.html