Reabertura dos Cruzeiros da Disney

Finalmente estamos começando a ver a magia voltar e depois da notícia de reabertura da Disneyland Shanghai que contamos AQUI, uma dose extra de esperança chegou para aquecer nossos corações!


Ontem foi dia de conferência trimestral e os executivos da Disney falaram não só da reabertura da Disneyland Shanghai, como também sobre sua situação financeira em meio aos fechamentos e responderam a perguntas sobre o futuro da empresa.


Retorno do Disney Cruise Line

Na ocasião, Bob Chapek, falou sobre o Disney Cruise Line (que prorrogou todas as novas partidas) e sua potencial reabertura.

Segundo o CEO da Disney, o Disney Cruise Line deverá ser a última experiência a reabrir.



CEO DA DISNEY | Bob Chapek


"Concordamos que [Disney Cruise Line] provavelmente será o último de nossos negócios voltados para viagens que voltará a ficar on-line", disse Bob Chapek, CEO da Walt Disney Company, ao falar sobre a Disney Cruise Line e seu estado atual.


Disney Cruise Line prorrogou a suspensão de todas as novas partidas do Disney Dream e Disney Fantasy até 18/06/2020, Disney Wonder até junho e travessias do Disney Magic até 02/07/2020.


Reservas terão crédito para viagem futura de 15 meses a partir da data original da viagem.


Disney Cruise Line Coronavírus

Informações do próprio site do Disney Cruise Line


Suspensão das partidas do Disney Cruise Line

O CEO Bob Chapek e a diretora financeira Christine McCarthy anunciaram que a Shanghai Disneyland iria abrir no dia 11 de maio, depois de ser fechada por mais de 100 dias, mas quando perguntados sobre quando as outras experiências da Disney (como cruzeiros) seriam retomadas, tiveram menos certeza.


Segundo Chapek, a Disney tem "visibilidade limitada para reabrir o resto dos parques, navios de cruzeiro e lojas".


Quando perguntado sobre como a Disney planeja lidar com pedidos de navios de cruzeiro futuros, como o Disney WISH, previsto para entrega no final de 2021 com expectativa de começar a navegar em janeiro de 2022, Chapek disse que os cruzeiros provavelmente serão os últimos de seus negócios voltados para viagens a voltarem.


Disney Wish novo Cruzeiro da Disney

Chapek continuou: “A longo prazo, nossos convidados estarão igualmente interessados em navegar conosco. Não nos próximos meses. Mas eles serão muito mais resistentes ao voltar, porque confiam em nossos negócios para agir de maneira responsável, para protegê-los contra alguns dos problemas que atormentam o setor desde que a COVID chegou. ”


Christine M. McCarthy, vice-presidente executiva sênior e diretora financeira da The Walt Disney Company, também avaliou o futuro da Disney Cruise Line, afirmando:


“Este é um negócio que é um dos nossos negócios mais bem classificados… em termos de satisfação do cliente e também com uma intenção muito alta de repetir a experiência. Então, muitas pessoas que seguem uma tendem a continuar muitas. É um negócio de retorno muito bom, criando valor a longo prazo para os acionistas. "


O setor de parques, experiências e produtos da Disney (que incluiu cruzeiros) caiu 10% no último trimestre. Christine McCarthy comentou que "os cruzeiros representam uma porcentagem relativamente pequena da receita operacional no segmento de parques, mas é altamente cotada entre os consumidores".


Segundo McCarthy, a Disney depende de clientes recorrentes. E, embora Chapek tenha notado que os hóspedes expressaram interesse em retornar, os cruzeiros provavelmente não começarão a navegar por vários meses.


A Disney suspendeu todas as travessias em 12 de março.

Para saber tudo que foi falada na conferência, veja aqui: https://bit.ly/2WwuGfz







"Sonhos existem para se tornarem realidade"

WALT DISNEY

© Orlando Wish 2019