Coronavírus em Orlando

Demorei um tantinho para postar e falar sobre o assunto do Coronavírus em Orlando porque é um tanto delicado e decidimos perguntar diretamente nos parques e juntar todas as informações e declarações oficiais para passar certinho, sem disse me disse tudo para vocês .


Vamos lá!

Coronavírus em Orlando

Meu objetivo aqui como veículo de comunicação , afinal tenho uma revista, é trazer a informação e compartilhar com vocês (lembrando aqui que não sou especialista neste assunto) tudo que estamos apurando sobre o Coronavírus.


Estamos monitorando os casos do Coronavírus desde que chegou na Flórida . Hoje há 18 casos no estado, incluindo 1 na Central Flórida, segundo divugado pelo Florida Department of Health.



Esse último caso de Coronavírus confirmado na Flórida Central foi divulgado no domingo. Veja AQUI a notícia.


Quem contraiu o vírus foi uma mulher de 60 anos, com quadro de saúde debilitado, que mora no Condado de Volusia, área de Daytona Beach, na costa leste, a cerca de uma hora de Orlando, que voltou de viagem no exterior. O Departamento de Saúde da Flórida disse que rastreará qualquer pessoa com quem ela possa ter entrado em contato para ajudar a minimizar a propagação do vírus. Ela ficará em quarentena.



Até agora, houve duas mortes na Flórida devido ao coronavírus. Ambos estavam na casa dos 70 anos com condições de saúde precária .


Esse assunto é super chato, mas é importante você , que está com viagem programada para a Terra da Magia, saber que EUA é primeiro mundo e tudo é amplamente divulgado e monitorado.


Nos Estados Unidos, o governo Trump implementou o rastreio de passageiros que chegam da China. As perguntas e testes preventivos estão acontecendo nos aeroportos de cinco grandes centros: Los Angeles, San Francisco, Nova York, Atlanta e Chicago.

No aeroporto de Orlando, MCO, novos dispensers de álcool em gel foram colocados e através da sala de imprensa acompanhamos todos as notícias divulgadas.




A restrição para entrar nos EUA não se aplica para quem vem do Brasil. Tudo normal para os turistas brasileiros que desejam ir para Orlando por enquanto.


Outros países também adotaram a prática, que inclui a medição da febre e busca por sintomas como tosse e dificuldade de respirar. Coréia do Sul, Singapura, Japão e Índia estão entre eles.


Na Inglaterra e na Austrália, além das medidas preventivas, são feitos anúncios e entregues panfletos explicando os sintomas para conscientizar as pessoas que chegam da China e que porventura apresentem sintomas.

O vírus Covid-19 não é o primeiro surto de coronavírus que tivemos. Incluídos nessa família de vírus estão os famosos vírus SARS (da epidemia de 2002) e MERS (de 2012). Quem lembra???? A gente não esqueceu!


O SARS e o MERS eram muito mais mortais que o Covid-19, no entanto o coronavírus é muito mais contagioso do que os outros dois, por isso está se espalhando mais rapidamente e infectando mais pessoas.


É importante lembrar que a quantidade de doentes nos Estados Unidos ainda é muito baixa e segundo divulgado pelo Departamento de Saúde da Flórida, os riscos mais altos são nas pessoas com mais de 60 anos, problemas médicos existentes (como pressão alta, problemas cardíacos e diabetes) e sistema respiratório comprometido.


Isso quem diz não sou! São informações do Departamento de Saúde da Flórida e do Centro de Controle e Prevenção de Doenças .


Viajar para qualquer área altamente infectada pelo vírus como China, Coréia do Sul, Irã e Itália não seria nada bom, na minha opinião. Mas viajar para Orlando, pessoalmente, como pessoa saudável, com menos de 60 anos, eu iria! Obviamente com atenção redobrada em relação à higiene como lavar as mãos com água e sabão várias vezes ao dia, fazer uso do álcool em gel a 70% e não compartilhar objetos de uso pessoal.


Para evitar contrair o Coronavírus, o Ministério da Saúde recomenda ficar a 2 metros dos indivíduos que espirram ou tossem. Evite tocar e esfregar os olhos, nariz e boca. Se você estiver se sentindo mal ou sintomático, fique em casa.


Cubra a boca ao tossir e cubra o nariz ao espirrar (de preferência com um lenço de papel que possa ser descartado posteriormente). Limpe e desinfete os objetos que tocar com produtos de limpeza doméstica.


Uso de Máscaras Faciais


As pessoas que estão bem não precisam usar máscaras faciais (máscaras não são eficazes para impedir que o vírus chegue até você), mas os profissionais de saúde que podem entrar em contato com o Coronavírus e as pessoas doentes que apresentam sintomas de gripe devem usá-las para evitar a disseminação do vírus.


Para sua informação, pelos parques em Orlando, até o momento, não se vê pessoas usando máscaras.


Muitos de vocês estão enfrentando uma difícil decisão sobre a viagem, certo?

Será que devo cancelar minha ida para Orlando?



Na verdade nenhum de nós sabe como prever as próximas semanas e meses por isso estou incluindo links com todas as nossas fontes dessas informações, para que você fique sabendo realmente dos fatos reais.


Nem preciso dizer que é importante verificar onde você lê as notícias e checar se as informações são confiáveis. Isso vale para informações sobre o Coronavírus em Orlando e para qualquer coisa que você estiver lendo online.


O que você precisa saber para analisar:

De acordo com o Departamento de Saúde da Florida, a infecção entre crianças tem sido relativamente incomum e não há indicação de que as crianças estejam em risco.

Os perigos de ficar gravemente doente são muito baixos em pessoas saudáveis. A maioria das pessoas saudáveis apresenta pequenos sintomas de resfriado e se recupera totalmente.

O Coronavírus tem mais chanves de contaminar pessoas a partir de 60 anos e que apresentem algum problema médico existente (como pressão alta, problemas cardíacos e diabetes) e sistema respiratório comprometido.


A maioria das autoridades de saúde concorda que não precisamos entrar em pânico.


Através desse mapa interativo AQUI acompanho o Coronavírus. Você pode ver também!

Ele localiza todos os casos oficiais, exatamente onde eles estão e o número de pessoas que ainda têm um vírus ativo, os que se recuperaram e os que morreram. Dá um pouco de nervoso de ver, mas para quem quer saber certinho, é uma ótima fonte de consulta.


Parques Disney e o Coronavírus em Orlando


Os parques temáticos em Orlando estão funcionando normalmente. Caso algo mude, vamos informar.


A Walt Disney Company divulgou uma declaração oficial AQUI e mostra as ações que estão sendo executadas, além de confirmar que estão usando as diretrizes do Departamento de Saúde para garantir que estejam o mais preparados possível.


Mais dispensers de álcool em gel estão pelos parques e no Ticket Center e a limpeza está sendo ainda maior. Tiramos essa foto no último domingo (8/03).

A Disney Cruise Line também divulgou uma declaração sobre as ações que estão tomando. Se você tem viagem agendada em um dos navios Disney, veja AQUI!


No final de janeiro de 2020, a Disney Cruise Line já estava tomando precauções contra a disseminação do Coronavírus para garantir a saúde e a segurança de seus hóspedes e tripulantes.


No momento, a Disney Cruise Line ainda impede os hóspedes e tripulantes que viajaram para ou da China continental nas últimas duas semanas de embarcar nos navios. E, para os cruzeiros que viajam para as Bahamas, as autoridades portuárias "não permitirão que ninguém desembarque em nenhum porto de escala das Bahamas se estiverem na China continental nos últimos 20 dias antes de sua chegada".


Os hóspedes que tiverem bilhetes para embarcar na Disney Cruise Line a qualquer momento entre 06 de março e 31 de maio terão a oportunidade de cancelar o cruzeiro até o dia anterior ao embarque.


Os hóspedes que decidirem fazer isso receberão um crédito de 100% pelo custo do cruzeiro cancelado, que DEVE ser usado em uma data futura de embarque dentro de 12 meses a partir da data original do cruzeiro. (Para esclarecer, nenhum reembolso ou reembolso será concedido, mas os hóspedes podem cancelar e reagendar seu cruzeiro usando o crédito.).


Nenhum cruzeiro da Disney Cruise Line foi cancelado até este momento.


A partir de 9 de março, o Departamento de Estado dos EUA aconselhou os viajantes dos EUA, principalmente aqueles com problemas de saúde subjacentes, para não viajarem de navio em cruzeiro.

O CDC também observa que idosos e passageiros com condições de saúde previamente diagnosticadas devem evitar situações que possam colocá-los em maior risco de infecção. “Isso implica evitar lugares lotados, evitar viagens não essenciais, como viagens longas de avião, e especialmente evitar embarcar em navios de cruzeiro já que a doença se espalha de pessoa para pessoa através de gotículas expelidas pelo ar por pessoas infectadas ou transferidas de superfícies (semelhantes à gripe). Essas gotículas podem ser inaladas ou penetrar pelos olhos, boca ou nariz.

A Disney Cruise Line também ampliou suas restrições para quem esteve nas regiões de Lombardia e do Veneto até 14 dias antes de embarcar. Quem esteve na China continental, Hong Kong ou Macau até 15 dias antes também não poderão embarcar.


Quanto aos parques Disney pelo mundo


A Shanghai Disneyland foi o primeiro parque a fechar em 25 de janeiro de 2020, devido ao surto de coronavírus. A Disneylândia de Hong Kong fechou em 26 de janeiro de 2020. E no último final de semana, vimos o Toyko Disney Resort seguir o exemplo.


Recentemente, a Disney anunciou que o Shanghai Disneyland Hotel, Disneytown e o Wishing Star Park reabririam em 9 de março de 2020 com operações limitadas, enquanto a própria Shanghai Disneyland permaneceria fechada até novo aviso.


Os hóspedes deverão passar por um processo de triagem de temperatura quando chegarem ao resort, fornecer seu atestado médico de saúde em restaurantes e usar máscara facial durante toda a estadia.


A decisão de fechar os parques foi tomada depois que os governos locais emitiram avisos públicos para que o vírus pudesse ser contido.


Em 9 de março, foram divulgadas as notícias de que um membro do elenco do terceiro turno da equipe de manutenção da Disneyland Paris havia contratado o Coronavírus.


No momento, a Disneyland Paris permanecerá aberta . O Cast Member e três outros membros do elenco foram instruídos a permanecer em quarentena.


A Disneyland Paris também estendeu seus métodos de saneamento e, no momento, não está mais examinando os hóspedes.


Até agora, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças recomenda apenas evitar todas as viagens à China, Coréia do Sul, Itália ou Irã no momento.


O coronavírus também está se espalhando no Japão, mas atualmente, o CDC está apenas aconselhando adultos com condições médicas crônicas pré-existentes a adiar seus planos de viagem para o Japão.

Parques da Universal


A Universal também fez uma declaração oficial falando sobre o Coronavírus que você pode ler aqui: https://www.universalorlando.com/web/en/us/terms-of-service/safety-and-travel-update


Pelos parques você encontra mais dispensers de álcool gel.



Espero ter ajudado um pouquinho você!

Super beijo e nos vemos em Orlando,


Monica Coscarella


473 visualizações

"Sonhos existem para se tornarem realidade"

WALT DISNEY

© Orlando Wish 2019